Raíces,Historia,Poesía, Pensamientos, Gaia, Relatos, Canciones, Historia,

" Grândola, Vila Morena". Zeca Afonso.



Grândola, vila morena
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena

Dentro de ti, ó cidade
Terra da fraternidade
Em cada esquina, um amigo
Grândola, vila morena
Em cada rosto, igualdade
Grândola, vila morena
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
Terra da fraternidade
À sombra duma azinheira
Em cada rosto, igualdade
O povo é quem mais ordena
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Jurei ter por companheira
Grândola, a tua vontade
À sombra duma azinheira
Grândola a tua vontade
Que já não sabia a idade
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...